Páginas

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

O Espírito Natalino

Como todos já sabem, vivemos em sociedade. Uma sociedade abstratamente perfeita que confunde o inconfundível e que divide o indivisível. Como todos também sabem, estamos no final de ano, onde, além das férias, comemoramos também o natal e ano novo. Com este clima de fim de ano é gerado um sentimento já petrificado nesta sociedade... O sentimento ou “Espírito Natalino”.
O Espírito Natalino nada mais é que uma hipocrisia generalizada bem sucedida já há séculos. O Espírito Natalino é demonstrado pela humildade e generosidade que as pessoas são tencionadas a mostrar na época das “boas festas”. É tão potente e influenciador este “espírito” que as pessoas das classes sociais mais distintas, na época de natal, se juntam para comemorar, “esquecendo” as diferenças... Tudo em nome do Natal!
Segundo todos não há algum problema nestas atitudes, afinal, aparentemente, isto prova que ainda existe amor entre as pessoas e que tudo à nossa volta ainda tem jeito e tal... Eu contrario todas estas idéias e vou dizer a causa dessa minha contradição.
Eu odeio e sou totalmente contra este espírito de natal! Não tenho esta idéia porque eu sou mal, desumano ou qualquer coisa do gênero. Eu só vou contra isto, pois sei que é uma idéia totalmente capitalista e errônea, onde as aparências são muito mais valorizadas e o paradoxo é criado.
Por que eu vou contra esta idéia? Porque eu nunca vi, em nenhuma outra época do ano, tantas empresas doarem tanta comida ou roupas para orfanatos. Vou contra porque eu nunca vi, em outra época do ano, tantas pessoas se cumprimentando e sendo amigáveis com as outras. Vou contra pois, em outra época do ano, nunca vi as pessoas convidando amigos e familiares para se juntarem em uma “ceia”ou jantar. De contraponto, o que mais vejo são brigas, falsidade e concorrências. O que mais vejo são empresas explorando seus subordinados a troco de capital. O que mais encontro são pessoas desabrigadas, sem comida e sem emprego, esquecidas pelos governos e por todos.
Será que vale a pena ser humilde e bom apenas uma vez no ano, apenas porque é comemorado o nascimento do maior símbolo religioso de todos os tempos. Digo mais, se Deus existir mesmo, acredito que é iminente a sua vergonha com as pessoas e seus atos. Pois, pelo que sei, falsidade e ganância é pecado, segundo a bíblia.
Não estou aqui para fazer discursos religiosos. O post já está ficando bem grande. Então o que quero deixar para você, caro leitor, refletir é que todos devemos cultivar coisas boas para colhermos coisas boas, não importa a época do ano! Que nossas “máscaras natalinas” caiam e percebamos que somos apenas meros mortais que precisam ajudar uns aos outros para sobrevier, não só em Dezembro!


Ass.: @lgr2k9


5 comentários:

  1. Falou algumas grandes verdades!
    Engraçado com se fala e se "pratica" a compaixão de forma tão isolada e envolta em um período...
    Naõ adianta assim.

    ;D

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaaaaaaaa o natal!
    Uma data onde eu só vejo falsidade e hipocrisia.
    Eu não pesquisei, então me desculpem se estiver errado: O natal é comemorado pois foi quando Jesus, filho de Deus, nasceu. Enviado para morrer por nós e nos livrar de nossos pecados. Isso é o que sempre escutei. Não sei muito sobre isso, afinal, sou agnóstico. Mas se não me engano, Jesus ou Deus(desculpem a ignorância) dizia ao homem para amar ao próximo como ama a si mesmo. Infelizmente não é isso que vejo nos outros 364 dias do ano, a unica coisa que vejo são pessoas egoístas e escrotas que não amam nada além do próprio rabo. Como meu grande amigo Lucas disse; "Porque eu nunca vi, em nenhuma outra época do ano, tantas empresas doarem tanta comida ou roupas para orfanatos." É meu amigo, eu também não vejo isso em outra época do ano, isso é porque o donos dessas grandes empresas pensam mais ou menos assim: "Por que nós vamos fazer qualquer boa ação no meio do ano? vão só pensar que somos mais uma empresa fazendo caridade por ai. Em vez disso, vamos fazer no natal, porque é quando todo mundo ta tão preocupado em parecer generoso e solidário, que nós seremos tratados como heróis"
    Odeio esse tipo de pensamento, que só pensa em lucrar e foda-se o mundo. Talvez você, que esta lendo esse comentario gigante, esteja pensando: "nossa, esse moleque é muito hipócrita, ele não deve nem dividir o trakinas com os amigos..." Se você esta pensando isso de mim, não me conhece, nem um pouco.

    ResponderExcluir
  3. É verdade. Muito bom o texto e o pensamento. Parabéns !

    ResponderExcluir
  4. Edson / Edinho / Freak28 de dezembro de 2010 00:42

    garganta e bill vcs tem razão U_ú
    pelo que eu já pesquisei e li Jesus nasceu no fim do outono austral dps ali entre maio 20 de maio e 22 de junho ou seja o natal não passa de mentira.

    ResponderExcluir
  5. O Natal é um data comercial. O comércio inventou uma forma magnífica de tirar dinheiro de todos nós, e consegue fazer isto com maestria.

    As pessoas, em sua maioria, são falsas, hipócritas e vivem de aparência. Não vivem Cristo o ano todo e querem viver durante algumas horas no final do ano.

    Também sou agnóstico.

    Abraço!

    ResponderExcluir