Páginas

quarta-feira, 15 de junho de 2011

A qualidade da educação

Há pouco tempo, uma professora do Rio Grande do Norte ganhou destaque por protestar em uma audiência pública na assembléia legislativa, fazendo um grande apelo para que a qualidade da educação no país melhorasse. Ela disse sincera e objetivamente que os políticos “não davam a mínima” para uma população que sofre pela falência da educação. Relatou que um professor ganha um mísero salário para dar aula para muitos alunos, despreparados – disse que alguns não sabiam ler em pleno ensino médio. Ela ganhou destaque pelo vídeo que foi veiculado no youtube e rendeu muitas visualizações. Mediante este protesto, faço este post.
Vivemos no Brasil, e com esta condição de vida, somos forçados – principalmente se não nascermos em “berços de ouro” – a viver com todos os recursos básicos como saúde, educação e segurança, de péssima qualidade. Vivendo no Brasil, ainda somos forçados a pagar um preço exorbitante por isso. Para ajudar, temos políticos corruptos que brincam com nosso suor e trabalho, roubando cofres públicos.
Não me surpreendeu que a tal professora protestasse, pois eu mesmo conheço inúmeras pessoas que estão no terceiro ano do ensino médio e não conseguem declamar um simples poema ou fazer equações do primeiro grau.
A educação realmente está decrescendo em sua qualidade, pois autoridades preferem investir bilhões em copa do mundo, panamericano e olimpíadas a investir em educação. Políticos querem ser eleitos e, para isso, sabem que precisam de apenas animar o povo, promovendo um grande circo e estagnando o IDH do país. O Brasil tem um dos maiores produtos internos do mundo, por vários fatores, mas tem um dos piores sistemas de educação no mundo. Se você, caro leitor, pesquisar, saberá que a nossa qualidade de educação se assemelha a de alguns países emergentes da América central. Como iremos querer melhorar nossa sociedade sem antes pensar no futuro desta. Cidadão sem intelecto é feito pra ser marionete de qualquer um.
Por que há tanto desemprego? Por que as cadeias estão superlotadas? Por que há tanta corrupção? A resposta se dá de várias formas, porém a educação sempre estará implícita ou explicitamente ligada ao fato. Um país sem educação não pode ir a frente. Proteste pela educação, ensine o que você puder aos outros, compartilhe conhecimento, pois cultura é um bem que não podemos reter


Ass.: @lgr2k9 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário